Como Aplicar Insulina, Áreas do Corpo ideais


Saber como aplicar Insulina pode ser bastante interessante, especialmente para aquelas pessoas que tem um pré-disposição para sofrer com a diabetes. Mas também existe a possibilidade de, sabendo como agir, podermos auxiliar outras pessoas com as aplicações.

Por isso, vamos agora comentar um pouco sobre as áreas do corpo que esse hormônio pode ser aplicado sempre que for necessário e assim contribuir para controlar os níveis de glicose no organismo.

Depois que se pega o jeito tudo fica mais fácil, ainda mais se levarmos em conta de que a aplicação da insulina não causa muita dor e também nem sempre causa alguma alteração na pele.

O que é

A Insulina é um hormônio produzido pelo Pâncreas e tem a função de colocar a glicose dentro das células para serem transformadas em energia necessária para o corpo.

Porém, quando ocorre as complicações com o Pâncreas por conta da Diabetes do tipo 1 e também em muitos casos influenciada pela Diabetes do tipo 2, o órgão não consegue produzir esse hormônio de forma satisfatória para suprir as necessidades do organismo. Por isso, é necessário que o paciente diabético receba as injeções desse hormônio para garantir que haja o controle da glicose presente no sangue.

A insulina pode ser aplicada em dose única, ou seja, um tipo de insulina apenas, ou então em dose combinada, usando dois tipos de insulina.

Além disso, é importante mudar os locais da aplicação a cada dia, especialmente quando são aplicas mais do que uma injeção ao dia.

Os seus Efeitos

Se o indivíduo é saudável e o Pâncreas funciona naturalmente, chegamos até a esquecer que existe a tal da insulina. Porém, quando existe o problema com a diabete, esse hormônio é valorizado e muito necessitado.

Na verdade, a Insulina é fundamental para o bem estar de uma pessoa diabética, mesmo sendo um hormônio sintetizado. A Insulina promove a entrada da glicose nas células e também desempenha um papel muito importante para metabolizar as proteínas e lipídios encontrados nos alimentos.

Quando nos alimentamos com pães, massas, alimentos que geralmente são processados, o nosso organismo transforma esses alimentos em glicose que vai fornecer a energia que o corpo necessita. Também o fígado tem a função de utilizar essa glicose e transportar para a corrente sanguínea para manter os níveis de glicose normais no sangue.

Os locais marcados de azul são os locais recomendados para aplicação da Insulina

Porém, quando existe alguma disfunção no fígado e também no pâncreas, essa glicose não penetra nas células do corpo e por isso, também não existe a produção da insulina.

Quando, por conta dos alimentos ingeridos, a taxa de glicemia aumenta, a quantidade de insulina também aumenta para que o excesso de glicose seja absorvido rapidamente pelas células.

Quando a glicemia (taxa de glicose no sangue) aumenta após uma refeição, a quantidade de insulina também aumenta para que o excesso de glicose possa ser rapidamente absorvido pelas células.

Então, quando o fígado por algum problema no indivíduo, não consegue trabalhar direito para separar a glicose no sangue, os níveis de insulina natural produzida pelo pâncreas também não dão conta de produzir energia e, por isso, muitas pessoas (diabéticos) precisam receber esse hormônio sintético para ser absorvido pelo sangue.

Quando o fígado já não separa o açúcar no sangue os níveis de insulina natural do corpo, já não dão conta de produzir energia, por isso, muitas pessoas têm de tomar essa substância para que possa ser absorvida pelo sangue e dar conta do trabalho que a insulina natural deveria fazer.

Insulina Aplicada na Coxa

Quando a intenção é aplicar a insulina na coxa, a melhor área de aplicação, na verdade é a parte superior externa, nunca a parte interna. A aplicação deve ser feita em uma área a 10 cm acima do joelho e pelo menos 10 cm abaixo da parte superior da coxa.

Insulina Aplicada na Barriga

Para fazer a aplicação de insulina na região da barriga, é importante distanciar pelo menos dois dedos, ou seja o equivalente a 2 ou 3 cm do umbigo ou de qualquer cicatriz existente na região.

Aplicando no Braço

Para fazer a aplicação de insulina no braço, é importante que a injeção seja feita dentro do tecido gorduroso na parte de traz, nunca do lado do braço, na região entre o cotovelo e o ombro.

A caneta de Insulina

Para aqueles que desejam saber como aplicar insulina com caneta, hoje já podemos encontrar as canetas que são descartáveis, o que favorece bastante por não precisar prepará-las para a aplicação. Assim, basta rodar o botão até a quantidade de insulina desejada e aplicar e, depois da insulina aplicada basta descartá-las.

Porém a grande maioria dessas canetas ainda precisam ser preparadas sempre que termina o cartucho de insulina e bem conservadas, poderão ser re-utilizadas por alguns anos.

Para preparar a caneta com a insulina é assim:

  • Desmonte a caneta rodando,
  • Retire o deposito de insulina vazio substituindo-o pelo frasco cheio colocando-o no interior da caneta,
  • Una as duas partes da caneta,
  • Encaixe a agulha na extremidade e teste o seu funcionamento. Deverá sair uma pequena gota de insulina, mas é preciso retirar todas as bolhas de ar do interior do frasco,

Com a caneta montada, é só usar o produto na forma necessitada até que o frasco fique vazio novamente. Para facilitar as aplicações e não ferir a pele, melhor é trocar a agulha com maior frequência.