Tipos de Pisos de Madeira para Você fazer a Melhor Escolha

Mesmo com tantas opções em material para revestimento de piso que as indústrias oferecem em nossos dias, praticamente ninguém abre mão da beleza natural da madeira.


Porém, bem sabemos que esse material natural é cada vez mais escasso em nossos dias, por isso, existem os variados tipos de pisos de madeira fabricados com material alternativo que apesar de não serem resistentes como a madeira natural, garantem a sua beleza com tonalidades bem diversas.

Opções para Escolher Bem

Para aqueles que não abrem mão de um piso que pelo menos imite a madeira no próprio imóvel, ao buscar o mercado poderá se deparar com as seguintes opções em material:


  • Assoalho de madeira – esse é o material mais caro, mas também, o mais durável, pois se trata da madeira natural,
  • Tacos de madeira – esses são pedaços de madeira pequenos que são colados lado lado formando um bonito visual no final,
  • Piso laminado,
  • Carpete de madeira,
  • Parquet, também feito da madeira maciça,
  • Assoalhos de madeira de demolição.

Além disso, existem os chamados pisos frio feitos com a cerâmica que também podem apresentar uma estampa com as cores da madeira.

Pisos Laminados

Esse tipo de piso, apesar de não ser muito resistente, são bem famosos pela preferência. O valor desse material varia de acordo com a marca, em média R$ 35,00 reais o m², dependendo também da loja onde for buscado.

Por se tratar de um piso que imita a madeira, ele pode ser encontrado com as diversas tonalidades de cores e depois de colocado, fica quase impossível dizer que não se trata da própria madeira.

Apesar da beleza que esse material apresenta, ele também tem suas vantagens e desvantagens. Entre as vantagens que o piso oferece podemos dizer que ele é de fácil colocação e também não exige muito trabalho para a limpeza.

Assim como esse piso apresenta suas vantagens, também tem as desvantagens e entre elas a pouca resistência a água e, nesse caso, não pode ser molhado e muito menos instalado em local onde a umidade seja mais frequente.

Ainda como uma possível desvantagem, precisamos dizer que é preciso ter um cuidado especial nos ambientes onde esse piso é colocado, pois se os móveis forem mais pesados, no momento de retirá-los do local, podem danificar o piso.

Os Tacos de Madeira

Existe muita gente que confunde o taco de madeira com o parquet, mas apesar de serem fabricados com o mesmo material, a madeira maciça, o taco tem suas peças maiores que o parquet e, além disso, as peças são fornecidas soltas para serem montadas na hora da instalação do piso.

O valor do m² do taco, varia de acordo com a empresa distribuidora e também da espécie de madeira com o qual ele é fabricado. Tacos fabricados com a madeira de Peroba que é uma madeira mais dura, por exemplo tem um valor aproximado de R$ 65,00 reais por m²

O taco ou tacão como é conhecido o taco com peças maiores garantem muitas vantagens, e quando bem instalados, assim como a madeira, conferem longos anos de vida útil. Porém, é um material que precisa ser instalado e lixado para depois receber o acabamento em verniz.

Apesar do trabalho todo que dá para a instalação, no final, oferece um resultado bonito, com um design especial dependendo da posição dos tacos, e quando o trabalho é de fato garantido por profissionais, ele não solta e garante muitos anos sem a necessidade de manutenção.

Assim como a madeira, as tonalidades de cores desse material variam de acordo com a madeira com o qual ele é fabricado. Dessa forma, pode ser mais claro, mais escuro, sempre acompanhando a tonalidade da madeira natural.

O Parquet de Madeira

Assim como o Taco, o Parquet também é fabricado com a madeira maciça, mais uma ótima opção entre os tipos de pisos de madeira que vamos encontrar no mercado.

Por se tratar de um material fabricado com a madeira maciça, o Parquet também é muito durável e resistente, mas exige quase os mesmos trabalhos de colocação que é necessário para o taco.

Assim como o Taco, também o Parquet tem um preço bastante variável influenciado pela espécie da madeira com o qual é fabricado, a empresa fabricante e outros fatores. 

O piso depois de instalado tanto pode ficar com uma aparência mais brilhante como mais fosca. Nesse caso, é só uma questão de gosto e escolha, pois a qualidade não influí no acabamento.

Depois de instalado, o parquet apresenta um visual muito elegante, veja o exemplo na imagem abaixo com o piso todo acabado.

Porcelanato que Imita Madeira

Para quem não se importa com um piso mais frio, o porcelanato que imita a madeira é uma opção muito moderna e tem a vantagem de poder ser usado em todo o imóvel, além de áreas externas.

O valor do porcelanato não é acessível, porém tem uma durabilidade ainda maior do que a madeira. Os valores podem variar também de acordo com o tamanho das peças e pelas marcas e, ao visitarmos o mercado podemos encontrá-lo com valores a partir de R$ 90,00 reais o m².

Esse é um tipo de piso que só tem vantagens a oferecer, especialmente quando a intensão é padronizar o piso no imóvel.

Quando o trabalho é bem feito, a única desvantagem que o porcelanato que imita a madeira pode apresentar é ser um piso frio, um pouco complicado para famílias onde tem crianças pequenas.

Mais uma bonita imagem do porcelanato colocado na cozinha, difícil acreditar que se trata de um piso cerâmico, não é mesmo?

Os Pisos Vinílicos

O piso vinílico é uma combinação de PVC, plastificantes e alguns componentes minerais que fazem desse material bastante durável e resistente e ainda contribui por ser um piso térmico.

Trazendo algumas tonalidades da madeira, esse piso valoriza a decoração em qualquer dos ambientes da casa, sempre com bonitos visuais depois de instalado.

De fácil colocação, esse piso é instalado na forma de encaixe de uma peça na outra. Com piso contra piso bem nivelado e a manta térmica para ajudar a proteger, basta assentar as placas e encaixá-las uma a outra facilmente.

Assim como os demais materiais que imitam a madeira, o piso vinílico também é encontrado com estampas em tonalidades diferentes para atender aos caprichos do consumidor.

Mais uma imagem mostrando o piso vinílico bem instalado em uma sala bem ampla. Vemos que a imagem desse piso com tons bem claros combina muito bem na decoração deixando o ambiente mais alegre.

Dicas para Cuidar Bem

Com respeito às formas para cuidar desse piso, é claro que cada tipo de material exige cuidados diferentes, mas o importante é seguir as recomendações que a indústria distribuidora desses materiais oferecem, pois afinal de contas, para dar garantias, eles precisam evidenciar os cuidados a serem tomados. Boa sorte.